quarta-feira, 14 de maio de 2008

Alcansado pelo Evangelismo


Por Rev. Frei Daniel Barbosa,ose*

“ Vinde a mim, todos os que estão cansado e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, encontrarei descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.
Mateus. 11.28 a 30

Irmãos e irmãs, quero antes de tudo parabenizar o nosso bispo diocesano Dom Robinson Cavalcanti, pela serie de estudos e textos sobre o evangelismo. Este assunto é sem dúvida o ministério de todo cristão, porque se ficarmos calado sem falar de que Jesus Cristo é o Senhor, até as pedras clamarão.
Quero também falar como se deu minha conversão, sou fruto dos Gedeões Internacionais. No segundo semestre do ano de 1979 quando estudava na 5ª no Colégio Estadual Pedro Celso em Beberibe, recebi dos Gedeões um Novo Testamento cinza de bolso, daquele dia em diante comecei a lê-lo, no primeiro semestre de 1980 já tinha lido todo o Novo Testamento, minha conversão se deu primeiro pelo contato dos Gedeões e após ler o Novo Testamento.
No Novo testamento que recebi veio marcado o texto bíblico acima, fiquei meditando neste texto sempre que me lembrava, resolvi fazer uma decisão em minha vida, a qual mudaria toda minha vida, já me sentia um convertido, mas sem igreja.
Comecei a visitar varias igrejas em Águas Compridas onde morava e no bairro vizinho Caixa D’agua. Foram muitos igrejas que visitei tentando encontrar a que melhor eu me sentisse, no dia 13 de julho de 1980 fui visitar a 1ª Igreja Batista em Águas Compridas, neste dia tive duas grandes surpresas, a primeira foi que o Pastor da Igreja era Eliezel Bezerra de Castilho, meu professor musica do Colégio Pedro Celso, onde estudava, e onde os Gedeões visitaram. A segunda surpresa foi que o sermão do Pastor Eliezel naquela noite foi no texto de Mateus 11. 28 a 30, daí entendi que eu não poderia deixar para outro dia o meu testemunho público de conversão, antes mesmo do pastor fazer o apelo, e sem apelação. Eu já estava lá na frente próximo ao pastor chorando como uma criança, esse dia foi tão forte para mim que em escrever este testemunho fico emocionado.
Em outubro de 1980 foi batizado, tornei-me membro da igreja, comecei a participar de varias atividades, principalmente do evangelismo no domingo a tarde, neste mesmo anos fiquei desempregado e o diácono Nivaldo Lopes me levou para trabalhar no SPN - Seminário Presbiteriano do Norte, fiquei como se interno no Seminário. Só retornava a minha casa no sábado pela manhã, porque todas as sexta-feira a noite os seminaristas saiam para evangelizar na rua da Palma, Concórdia, e Casa da Cultura, eu sempre estava presente evangelizando e já pregava com magafone nas ruas, como faziam os seminaristas.
No ano seguinte, fui eleito Diretor de Evangelismo da Mocidade na Igreja Batista em Águas compridas, depois fui eleito também Diretor de Evangelismo da Igreja.
Fiz também um Curso de Evangelismo Pessoal ministrado na 1ª Igreja Batista do Recife na conde da Boa Vista com o Pastor Ebezer Jamil grande evangelista, e conferencista naquele tempo. Participei da Cruzada Cristo é Tudo Para Mim. Onde tiver o prazer de conhecer outro grande evangelista o Pastor Servulo Bezerra.
Conheci também o Pastor Jairo Ribeiro na Cruzada Evangelistica Cristo Para um Mundo Melhor, onde participei ativamente, nesse período também conheci o Pastor Ely Fernandes, mas quero destacar três grandes pastores que muito influenciaram-me na obra evangelistica, foram Pastor João Campos de Oliveira, Pastor Helio Vidal de Freitas, e meu professor de evangelismo pessoal Ebenezer Jamil.
Participei ativamente como colaborador na obra evangelistica com vários grupos musicais, como por exemplo: Os Embaixadores de Sião, na rua da Palma Esquina com a rua Nova, Grupo Evangelizason, na Praça da Independência (Pracinha do Diário), Grupo Shalon, no Parque 13 de maio, na Semana da Bíblia, na Casa da Cultura.
Fui por muitos anos Sócio Evangelizador da Sociedade Bíblica do Brasil, atividade que ainda sonho voltar. Fui também Cooportor, função que poucas pessoas conhecem, o papel do cooportor não simplesmente verder livros e bíblias, mas é um meio de levar o evangelho as pessoas que não conhecem, para a partir de então adquirirem livros evangélicos e bíblias.
Quando conheci a Missão Integral da Igreja entendi que não posso e nem devo desassociar a fé da ação pratica. Meu evangelismo hoje não o de apenas entregar uma literatura mas também o meu engajamento social. Há varias pessoas convertidas e envolvidas tanto em outra denominação, bem como pessoas confirmadas em nossa igreja fruto das pastorais sociais as quais tenho procurado desenvolver meu diaconato tanto dentro como fora da igreja, e é lá fora das quatro paredes que estão pecadores e necessitados por perdão e salvação.
Para finalizar quero lembrar o mandamento do maior evangelista o nosso Senhor Jesus Cristo que disse: “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eui estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.” Amém! (Mt 28. 18 e 19).
O Ide, é uma ordem que Jesus Cristo nos deixou, nós como servos e servas do Deus Altíssimo devemos ir por tudo o mundo, pregar o evangelho a todos os povos. Isto que dizer que devemos continuar a obra que Jesus nos confiou.

2 comentários:

Pr Eber Jamil disse...

Sou filho do saudoso Pr Ebenézer Cavalcante Jamil e achei o seu comentário sobre ele. Fico feliz em saber que você fez o curso de evangelismo com ele.
Consegui um programa dele na rádio e posso te enviar por email. Basta você pedir. Meu email é eberjamil@terra.com.br
Um abraço

Vinicius Castilho disse...

Sou neto do Pastor Eliezel Bezerra de Castilho infelizmente nap tive o privilegio de conhecer mais fico feliz dele ter pregado o verdadeiro evangelho na sua vida pastoral